IRPF 2024: como verificar se a sua restituição já foi liberada

Descubra as datas de pagamento, quem tem prioridade, e como acompanhar a situação da sua restituição de imposto de renda no portal da Receita Federal.

Para o contribuinte que já finalizou a entrega da sua declaração de Imposto de Renda 2024 e está ansioso para receber a restituição, é possível acompanhar a liberação dos pagamentos através do site oficial da Receita Federal.

O primeiro lote de restituição do IR 2024 será liberado no dia 31 de maio, coincidentemente, o último dia para a entrega da declaração deste ano. Este lote inicial prioriza os contribuintes que possuem benefícios legais: idosos com mais de 60 anos (especialmente os acima de 80), pessoas com deficiência ou doenças graves, e aqueles cuja principal fonte de renda é o magistério. Adicionalmente, devido às recentes enchentes no Rio Grande do Sul, mais de 900 mil contribuintes gaúchos serão incluídos neste primeiro lote.

Critérios de pagamento

As restituições são pagas de acordo com a ordem de envio das declarações, privilegiando aqueles que optaram por utilizar a declaração pré-preenchida e/ou escolheram receber a restituição via Pix, com a chave sendo o CPF. Também haverá uma correção monetária baseada na taxa Selic, acumulada desde maio até o mês de pagamento.

Calendário de pagamentos

Os pagamentos serão feitos em lotes, conforme a tabela:

Lote Data de Pagamento Remuneração

1º 31/05/2023 1,00%

2º 28/06/2023 1,00% + Selic de maio

3º 31/07/2023 1,00% + Selic de maio a junho

4º 30/08/2023 1,00% + Selic de maio a julho

5º 30/09/2023 1,00% + Selic de maio a agosto

Como consultar a situação da restituição

Para verificar se sua restituição já foi liberada, acesse o site da Receita Federal. A consulta pode ser feita online, onde detalhes específicos podem ser encontrados no serviço “Meu Imposto de Renda” disponível no e-CAC ou no aplicativo “Meu Imposto de Renda” da Receita Federal.

Ao acessar o serviço online ou o aplicativo, selecione a declaração de IR desejada e clique em “Extrato do Processamento”. Se houver alguma pendência na declaração, será necessário retificá-la para corrigir erros ou adicionar informações faltantes.

Dicas para acompanhar a restituição

  • Mantenha seus dados atualizados: certifique-se de que todas as informações fornecidas à Receita Federal estão corretas;
  • Utilize a declaração pré-preenchido: isso pode acelerar o processamento da sua declaração;
  • Opte pelo Pix: receber a restituição via Pix pode ser mais rápido, desde que a chave utilizada seja o seu CPF;

Para mais detalhes, consulte o site oficial da Receita Federal e acompanhe todas as etapas para garantir que sua restituição seja processada sem problemas.

Fonte: Portal Contabéis

plugins premium WordPress
Open chat
Olá,
Posso ajudar?